Deu pra Ti B 2 x 0 Guarani

1

Férias. Descanso desse time ordinário que nos fez sofrer o ano inteiro. Fim dessa segundona maldita. E férias dessa dupla Luiz Alano/Batista que é quase pior que Léo Ortiz/Cuesta. Graças a Deus, acabou. Sem DVD, sem dirigente sequelado invadindo campo, sem batalha, sem choro nem faniquito. Do jeito que um time grande como o nosso deve subir. E era isso.

DANILO FERNANDES. Uma boa defesa no segundo tempo e o resto do tempo serviu pra ficar pensando naquele gol ridículo que ele tomou contra o Vila Nova e no rendimento que foi bem fraquinho neste ano. NOTA 6

CLAUDIO WINCK. Tá precisando voltar a jogar a terceirona do Gauchão. Desde que assinou contrato, nem apoio, que era o que ele mais ou menos sabia fazer, ele fez. O ideal era que ele jogasse tudo o que pensa que joga. Aí seria titular da seleção. NOTA 4

THALES. Tava ali, do lado do Cuesta, jogando seu arroz-com-feijão e pensando em comoa. vida boa: no memso ano, foi campeão da terceirona pelo CSA e vice da segundona pelo Inter. Se cometer algum delito à noite, pode também se identificar com o campeão da A. NOTA 6

VICTOR CUESTA. A mudança pro jogo de hoje foi o cabelinho pintado e irritantemente preso num rabinho na ponta do coco. De resto aquela bolinha que a gente aprendeu a ver e se irritar em 2017. Repito: num time sério, é um baita reserva. E ponto. NOTA 6

UENDEL POMBINHA DOENTE. Terminou a temporada como começou: errando cruzamento, levando drible a torto e a direito e vacilando lá atrás. Ainda mais hoje, com essa chuva, em que as asinhas ficam molhadas e mais pesadas pra levantar voo. O fato é que o nosso amiguinho não alçou voos mais altos em nenhum momento nessa temporada cagada. NOTA 4

RODRIGO DOURADO. Aos 2 minutos de jogo já tinha dado um passe cagado de calcanhar. Precisa de um Sr. Miagui pra ficar enquadrando e dando tapa naquela cara de guri cagão quando for preciso. Tá alternando o estilo “Labrador emocionado quando chega visita” com o estilo “família foi viajra e esqueceram de mim”. NOTA 6

EDENÍLSON. É aquele cara que, nos trabalhos em grupo da época do colégio, não fazia porra nenhuma. Só aparecia pra colcoar o nome no trabalho e ganhar a nota nas costas dos coleguinhas. Passa o tempo inteiro dando tapinha na bola e abraçando o cara que faz gol só pra sair na foto do jornal. Hoje, quando teve a chance de apresentar uma parte do trabalho e ficar bem com a professora, deu um bico na bola que ela foi parar lá no BarraShopping. NOTA 6

D‘ALESSANDRO. Outro que pintou o cabelinho em homenagem ao Rafael Malenotti e à Ana Maria Braga. Um baita lançamento pro Camilo Rodela dar o passe pro gol do Nico. A maestria de sempre nos lançamentos e passes e, claro, o cartão amarelo de sempre por reclamação. NOTA 7

CAMILO SAMURAI RODELA. O cabelinho ridículo até passou despercebido com as duas belas participações nos gols do Inter: no rpiemrio, foi esperto e deixou a bola passar pro Pottker fazer a assistência. No segundo, deu um belo passe de moringa pro gol do Nico. Acho que hoje fez a melhor partida no Inter. Tende a ser o grande jogador do Lance de Craque lá em dezembro, no time do D‘Alessandro. NOTA 8

WILLIAM POTTKER.  Foi um dos protagonistas, junto com o Nico López do “Gol Jeguerê”. Uma bela assistência pro gol do uruguaio dorminhoco. No restante do tempo, nossa tartaruguinha ninja tratou de correr, correr e correr e não chegar a lugar nenhum. NOTA 6

NICO LÓPEZ. Hoje, finalmente, o remedinho tarja preta pra combater o déficit de atenção começou a fazer efeito. Duas bel;as jogadas e dois belos gols fazendo o trabalho que a gente espera dele: de matador. NOTA 9

CARLOS. Entrou pra preencher a cota de jogadores com nome comum e voz de caturrita rouca. SEM NOTA

ROBERSON. Entrou pra preencher a cota dos jogadores trazidos pelo Zago e que não deram certo nem fudendo. SEM NOTA

JUAN. Entrou pra preencher a cota de jogadores com nome em espanhol. SEM NOTA

ODAIR HELLMANN. Armou o time com um dos anseios de parte da torcida: Camilo e D‘Alessandro juntos. É querido pelo grupo de jogadores, conhece bem o grupo. Encerrou sua participação com um empate e duas vitórias. Mas também, nada que me fizesse querer ardentemente que ele continue no ano que vem como efetivado. NOTA 7

 

About author

Soletti

Publicitário, gostaria de ter sido congelado na década de 90. Em 42 anos de vida, viveu dois momentos mágicos: o dia 17 de dezembro de 2006 e o choro convulsivo da filha de 5 anos quando foi ameaçada pelo Papai Noel de ganhar uma camiseta do Grêmio no Natal.

1 comment

  1. ED 27 novembro, 2017 at 00:46 Responder

    INTER 2 X GUARANI 0

    FIM DESSA CHINELAGEM CHAMADA SÉRIE B!

    E PARA O BEM DO CLUBE E SEU FUTURO, NÃO FOI COMEMORANDO “TAÇA” NA MAIOR BOIOLAGEM NA GOETHE E FAZENDO DVD….

    ESSE TIME foi tão ” ENGANADOR, RUIM E MORTO” , que nem taça de uma B ganha. Pela nossa grandeza , além de nunca termos caído, não poderíamos nos rebaixar tanto…

    EU NUNCA MAIS QUERO OUVIR, VER FALAR SOBRE ESSA DESGRAÇA CHAMADA..SÉRIE B! Deixa isso pra quem entende ( AS GAZELAS BI-REBAIXADAS da OAS que vieram pela PORTA DOS FUNDOS da B de 1992 ( 9ª nonas, senão tavam até hoje lá…)

    QUE EM 2018, NÃO TENHAMOS MAIS O “DESPRAZER”, O “ASCO” E SENSAÇÃO DE “VÔMITO” ao vermos desfilar no clube, 90% DESSAS NABAS DESSE grupéco ATUAL.

    QUE EM 2018, NÃO DEIXEM CHEGAR nem perto do BEIRA RIO, A MAIORIA DAS PEREBAS QUE ESTÃO VOLTANDO AO FIM DO ANO : PAULÃO….ARTUR…GEFFERSON…SEIJAS…Fernando BOB…ANDRIGO…ANSELMO….ALAN COSTA…ANDERSON ( esse é o TOP da linha dos desgraças!) ..ERNANDO…

    QUE EM 2018, NUNCA MAIS PISEM NO BEIRA RIO OS DIRIGENTES CANALHAS, ARROGANTES E PREPOTENTES QUE NOS FERRARAM E FIZERAM ESSE CALVÁRIO que enfrentamos nessa desgraça chamada…B!

    PARABÉNS TORCEDOR. VC FOI FUNDAMENTAL PARA ESSA INSTITUIÇÃO ESPORTIVA voltar ao seu lugar de DIREITO!

Deixe uma resposta