É ele e mais 11

3

Não acredito no Roberto Melo pra comandar o vestiário do Inter em 2018. Em 2017 já tivemos uma bela amostra do nosso dirigente. Pode ser bom em diversas áreas, pode até ser o cara.

Mas com aquela personalidade e aquela carinha de pedir desculpa, não me venham dizer que ele pode comandar o vestiário. Que pode cobrar alguma coisa de alguém, que pode ser ouvido pelos boleiros.

Porque Melo desce pro vestiário de terno e gravata. E boleiro logo saca quando o cara não manja nada de futebol. Como ter alguma moral pra cobrar algo?

Aí, tu olha pro lado e vê um cara assim: que já jogou, que já foi campeão, que estudou, que teve uma experiência num clube do tamanho do Cruzeiro, que conhece o Inter e que é identificado com a torcida.

Tinga é tudo isso. E o que o impede de ser o novo gerente de futebol ou manager ou o que vocês quiserem chamar desse time do Inter, é justamente porque ele é tudo isso.

E ser tudo isso, no meio do futebol, é quase uma ofensa pra dirigentes despreparados, de pouca personalidade e muito vaidosos: Tinga deixaria qualquer dirigente na sombra e esse é o seu pecado mortal.

Essa parece ser a única e provável explicação para o fato de o Inter ainda não ter procurado, fechado e anunciado o nome do Tinga como o cara do vestiário pra 2018.

Estamos apanhando muito desde 2015. Mas parece que nem a segundona nos fez aprender.

O Inter não é um clube de amigos que se encontram ao fim da tarde no Beira Rio pra conversar, tomar um whisky e rir com as próprias piadas de tiozão, felizes com o status de “dirigente”, “diretor”, “assessor “ e o escambau.

O Inter precisa se reerguer de uma vez por todas. O ano de 2018 será decisivo pra isso e esta nova caminhada precisa de gente que entenda de futebol, que entenda de vestiário e que, acima de tudo, entenda de Inter.

Tinga preenche todos estes requisitos.

Pena que não preencha o mais importante de todos para esses dirigentes: ser o lambe-saco amiguinho que bate palmas pra todas as cagadas que eles cometem, sempre encerrando as frases com um efusivo: “Tu é foda, cara!”.

Se liguem e tragam este cara logo.

 

Te dedico, Colorado.

 

 

About author

Soletti

Publicitário, gostaria de ter sido congelado na década de 90. Em 42 anos de vida, viveu dois momentos mágicos: o dia 17 de dezembro de 2006 e o choro convulsivo da filha de 5 anos quando foi ameaçada pelo Papai Noel de ganhar uma camiseta do Grêmio no Natal.

3 comments

  1. Silvio Mezzari 5 dezembro, 2017 at 13:15 Responder

    Me preocupa profundamente não escutar do Melo nem de ninguém da diretoria a seguinte frase que acostumei a ouvir há 57 anos: “entraremos para ganhar e sermos campeões”. Será, mais uma vez, um longo ano…

  2. Dorian R. Bueno 8 dezembro, 2017 at 10:12 Responder

    BAH TCHÊ, GRAÇAS A DEUS O MEU PAIZÃO ADERLI GREMISTA VOLTOU PRA CASA!!!

    Depois de 22 dias o vivente saiu do Hospital Conceição na última quarta feira chegando à sua casa no meio da tarde, e já foi colocado no seu recanto do guerreiro, ou seja, na sua metade de cama. Para distrair este paciente Gremista que estava ligado no tubo da sonda tomando uma água vitaminada, ligamos a TV e ele assistiu o jogo do Real Madrid 3 x 2 Borussia. Foi bom para ele ir se acostumando com este time merengue, porque caso o time dele passe pelo o primeiro jogo, poderão se encontrar na final no verdadeiro mundial da FIFA. Já pararam para pensar que se realmente acontecer este jogo e o Grêmio vencer o Real Madrid, vão dizer que o Rio Grande do Sul além de ser o melhor País praticante de futebol do mundo, a imprensa de todo o mundo também lembrará que o Internacional venceu o Barcelona naquela final de 2006. A dupla GreNal estará acima destes timinhos da Espanha que tremem contra nós Gaúchos Tchê. Agora voltando para a nossa realidade e com os pés no chão, lembrei o meu Paizão que como estava de fraldão, que ficasse na boa e sem esta de querer fazer sexo com a minha mãe para matar a saudade. Caíram todos na risada, já que ele estava bem mijado e cagado. Vamos assim nesta levada alegre se acostumando com esta nova rotina de cuidados. Deus sabe o que faz, e tomara que o Pai possa ter força para resistir estas mudanças de hábitos.
    Abs. Dorian Bueno, POA, 08.12.2017

  3. Dorian R. Bueno 11 dezembro, 2017 at 15:50 Responder

    FINALMENTE MAIS DUAS TAÇAS!!!

    Parabéns as mulheres do Internacional.

    A Duda é bem melhor do que o Melo.

    Também quero dar meus parabéns aos aspirantes, devem manter isto viu.

    Abs. Dorian Bueno, POA, 11.12.2017

Deixe uma resposta