Pauta Positiva

A gente não é chegado ao mimimi. Não fica tentando condicionar juiz. Não acha que existe uma teoria da conspiração tentando nos prejudicar. Ainda assim é engraçado como uma notícia rigorosamente igual ganha tratamento diferente.
Num lado, o cara faz testes. No outro, um jogador em igual condições – de testes – é dúvida. Como se ou outro também não fosse. É no detalhe, onde mora o diabo, que se esconde o condicionamento.
É espantoso, mas se um habitante de outro planeta chegasse para analisar as manchetes, chegaria facilmente à conclusão que o time que empatou em casa – sem fazer gols -, chegou 5 pontos atrás na final, e vai jogar a partida decisiva na casa do adversário – tendo desfalques -, este time é favorito e chega em vantagem.
No outro time, o que deu sufoco – apesar do eterno chororô contra arbitragem – que vai jogar em casa e que, pasmem, não perdeu na casa do adversário (nem levou gol)…nesse só se enxerga crise.
Até a renovação do Alex – assunto completamente esquecido até a semana da final – virou crise. Tudo por uma brincadeira com torcedores. É o já famoso vale-tudo pra equilibrar a gangorra.
Ao Inter resta a preocupação com o mundo real. Preocupar-se em não ter jogadores machucados na final. Preocupar-se em manter o esquema de Aguirre – onde todos estão prontos pra jogar. Aliás, prática que deixou enfurecidos os pajés da aldeia. “Isso não existe!!!” Bradavam. Enquanto a caravana passa, os cães ladram…

About author

Thedy Corrêa

Músico, vocalista do Nenhum de Nós, tem como grande momento a recepção aos heróis colorados, em que estava no palco, em pleno Beira-Rio, e os campeões do mundo pisaram no gramado; vai criticar, elogiar, comentar, vibrar e TORCER MUITO SEMPRE.

44 comments

Deixe uma resposta